Página de divulgação das ações da Secretaria de Cultura do município do RIO GRANDE RS.

terça-feira, 25 de julho de 2017

ARTE NAS PARADAS DE ÔNIBUS


SECULT E SMMUA LANÇAM EDITAL DO PROJETO ARTE NA PARADA

Democratizar a cultura e humanizar os espaços públicos, através da arte de rua. Essa é a proposta da Prefeitura Municipal do Rio Grande, a partir do trabalho transversal das secretarias de Mobilidade Urbana e Acessibilidade (SMMUA) e da Cultura (SECULT). Juntas, as pastas lançaram o edital do projeto Arte na Parada, que visa selecionar propostas de pintura, em graffiti, para abrigos do transporte coletivo.

Na primeira etapa do projeto serão disponibilizadas 100 paradas de ônibus para intervenções artísticas. A maior parte delas, com trabalhos alusivos aos 280 anos do município do Rio Grande. Cada projeto selecionado receberá ajuda de custo de R$ 350,00.
De acordo com o secretário de Município de Mobilidade Urbana e Acessibilidade, Júlio Martins, a depredação de paradas de ônibus é um problema bastante grave no município. “Somamos um gasto anual de aproximadamente 100 mil reais apenas com reparos e recolocação de paradas”, salienta. Com ações educativas e culturais, conforme as destacadas pelo projeto, o titular da SMMUA espera maior cuidado e preservação do patrimônio público por parte da população. “Nosso investimento [na intervenção artística de 100 paradas de ônibus] é menos de 5% do que gastaríamos na aquisição de paradas de ônibus novas. Por isso, apostamos na arte, na educação e na cultura”, complementa.

O secretário de Município da Cultura, Ricardo Freitas, reitera as palavras de Martins e acredita no potencial da arte urbana em Rio Grande. “Observamos que esse tipo de arte é muito respeitada na cidade. As intervenções de grafite nos muros da SAC e do Porto Novo, por exemplo, nas duas edições que realizamos do Meeting Of Syles, permanecem até hoje. Por isso, acreditamos que esse projeto possa fortalecer as relações de pertencimento e de apropriação dos cidadãos com a cidade, sobretudo, por meio da arte e cultura”, argumenta.

No decorrer do processo, uma comissão será formada e irá avaliar os trabalhos recebidos, de acordo com os critérios de Qualidade/Consistência Artística, Originalidade, Criatividade e Visibilidade Técnica. A divulgação das propostas vencedoras e o início da execução das obras está prevista para os dias 11 e 20 de setembro, respectivamente. O edital completo está disponível no site: http://secultrg.wixsite.com/riogrande.

segunda-feira, 24 de julho de 2017

ALUNOS DA REDE PÚBLICA CONHECEM A FOTOTECA MUNICIPAL


Conhecer a história e a memória da cidade, através da fotografia. Essa foi a experiência de alunos e alunas, de diferentes idades, do 4º e 5º anos da Escola Municipal Dolores Garcia, do Parque Guanabara. Acompanhados pelas professoras Adriana Mendes e Ana Pinheiro, e da monitora Carolina Chaves, elas puderam conhecer um dos equipamentos culturais do município, a Fototeca Municipal Ricardo Giovaninni. A visita foi guiada pela diretora do espaço, Gianne Atalah.

TEATRO MUNICIPAL RECEBE ESPETÁCULO A3: CANÇÕES DO SUL, NO DIA 28


A Prefeitura Municipal do Rio Grande, através da Secretaria de Município da Cultura e do Sesc/Fecomércio recebe o espetáculo A3: Canções do Sul, na próxima sexta-feira (28), às 20h, no Teatro Municipal. O espetáculo de música promoverá o encontro dos cantores/compositores Flora Almeida, Márcio Celli e Zé Caradípia. O repertório faz um passeio pela música popular produzida no Rio Grande do Sul, principalmente durante os anos 80, com canções que até hoje permanecem no inconsciente coletivo das pessoas. Além de canções autorais, aparecem no roteiro grandes sucessos de músicos como Nelson Coelho de Castro, Bebeto Alves, Vitor Ramil, Raul Ellwanger, Nei Lisboa, dentre outros. Os ingressos podem ser adquiridos no Sesc Rio Grande (Av. Silva Paes, 416, das 7h às 20h, de segunda a sexta-feira, ou sábado, das 8h às 13h) ou no Teatro Municipal do Rio Grande (Av. Major Carlos Pinto, 312) mediante a doação de 2kg de alimentos não perecíveis. 

sexta-feira, 21 de julho de 2017

MULTIPALCO ATUARÁ NA DESCENTRALIZAÇÃO DA ARTE E DA CULTURA EM RIO GRANDE


Uma estrutura em concreto começa a ser levantada nas imediações da Escola Cipriano Porto Alegre. Do outro lado da rua, o brilho da lagoa anuncia o final de tarde e configura, talvez, um dos mais belos cartões-postais de Rio Grande, o pôr do sol na rua Henrique Pancada.

Neste espaço privilegiado está sendo erguido o mais novo equipamento cultural do município: o Multipalco da Cultura. Orçado em R$ 244,905,60 a obra irá contribuir para descentralizar a arte e a cultura no município do Rio Grande, atendendo as comunidades dos bairros Rural, São Miguel e demais localidades adjacentes. “Queremos que os rio-grandinos se apropriem deste equipamento de cultura, desenvolva suas artes e crie um ambiente de cultura e lazer naquela comunidade”, complementa o secretário Ricardo Freitas.

Além da Secretaria de Município da Cultura, acompanham o andamento das obras as Secretarias de Coordenação e Planejamento e o Gabinete de Programas e Projetos Especiais da Prefeitura Municipal do Rio Grande. O recurso é oriundo de uma emenda parlamentar da deputada Manuela D’avila. A expectativa do Executivo é que a obra seja concluída até o final deste ano.




quinta-feira, 20 de julho de 2017

SEXTA É DIA DE SAMBA NO MERCADO


Na próxima sexta-feira (21) ocorrerá mais um encontro de sambistas da cidade e da região, no Mercado Público Municipal, em nova edição do Samba no Mercado. A realização é da Associação dos Locatários do Mercado, em parceria com a Prefeitura Municipal do Rio Grande, através das secretarias de município da Cultura, de Desenvolvimento Primário e de Turismo, Esporte e Lazer e visa a criação de mais um espaço de confraternização, através da música, no Mercado Público Municipal ampliando a circulação das pessoas no espaço público e a economia no Centro Histórico da cidade. O início das atividades está previsto para às 18h e a entrada é gratuita.

domingo, 16 de julho de 2017

RODEIO ARTÍSTICO E CULTURAL CELEBRA A CULTURA GAÚCHA NOS 280 ANOS DO MUNICÍPIO


Aconteceu, na sexta (14), no sábado (15) e no domingo (16), a primeira edição do Rodeio Artístico e Cultural no município do Rio Grande, sul do estado. O evento é uma ação da Prefeitura Municipal do Rio Grande, através da Secretaria de Município da Cultura, da 6ª Região Tradicionalista e da Associação Tradicionalista Rio-Grandina em parceria com o Partage Shopping Rio Grande.

Incluído no calendário de comemorações dos 280 anos do município, a atividade reuniu tradicionalistas e entidades de Rio Grande, São José do Norte, Santa Vitória do Palmar e  Chuí, bem como representantes de municípios vizinhos da Metade Sul do estado.

A abertura contou com o show gratuito do cantor e compositor nativista Neto Fagundes, na praça de alimentação do Partage. Nos dias seguintes, ocorreram competições de declamação, danças coletivas e individuais, nas categorias mirim, juvenil e adulto. O encerramento ficou por conta do músico rio-grandino Alexandre Taveira. O Rodeio Artístico e Cultural, competição inédita de arte e cultura gaúcha no Rio Grande, tem por finalidade a preservação, a valorização e a divulgação da tradição e da cultura popular do Rio Grande do Sul e visa o intercâmbio entre tradicionalistas, entidades e comunidade em geral. Uma nova edição ocorrerá no ano que vem. 










sexta-feira, 14 de julho de 2017

INICIA HOJE O RODEIO ARTÍSTICO E CULTURAL, NO PARTAGE SHOPPING RIO GRANDE


A cultura gaúcha estará em destaque nos dias 14, 15 e 16 de julho no Partage Shopping Rio Grande. Em parceria com o Movimento Tradicionalista Gaúcho (MTG) e com a 6ª Região Tradicionalista, a Secretaria de Município da Cultura e o Partage Shopping Rio Grande promovem o “Rodeio Artístico e Cultural”, com a participação de Centros e Departamentos de Tradições Gaúchas de todo o Estado, que concorrerão em três modalidades: dança de salão, declamação e danças tradicionais. Cada modalidade é dividida nas categorias mirim, juvenil, adulta e veterana.
Segundo o coordenador da 6ª Região Tradicionalista, Roberto Ferreira, além de integrar a programação oficial dos 280 anos do Município do Rio Grande, o Rodeio será mais um momento para a valorização dos grupos da região que perpetuam a cultura gaúcha. “Receber um evento desse porte é gratificante para Rio Grande. Estamos de braços abertos para compartilhar esse momento de integração e, ao mesmo tempo, preparação para outras competições”, salienta.
O evento terá como abertura o show gratuito do cantor nativista Neto Fagundes, no dia 14 de julho (sexta-feira), às 20h, na Praça de Alimentação. Neto é um dos principais cantores da música gaúcha, acumulando prêmios, muitos deles de melhor intérprete dos principais festivais do Estado. Atualmente, Neto Fagundes é um dos apresentadores do programa Galpão Crioulo, da RBS TV.
Durante os três dias de atividades, haverá distribuição da erva mate Essência Gaúcha e serão aceitas doações de alimentos não perecíveis que serão repassados ao Banco de Alimentos do Rio Grande. E, para encerrar a programação, haverá o show gratuito com o cantor rio-grandino Alexandre Taveira, às 20h, também na Praça de Alimentação.
INSCRIÇÕES
Os grupos interessados em concorrer nas modalidades do Rodeio deverão realizar a inscrição por meio do site: https://rodeio6rt.blogspot.com.br/. No portal, também está disponível o regulamento com todas as informações sobre o evento.

PREMIAÇÃO

Os três primeiros colocados em todas as modalidades serão premiados com um troféu. Já o primeiro lugar da categoria “Danças tradicionais – adulto” receberá uma quantia em dinheiro para auxiliar na preparação para o Encontro de Artes e Tradições Gaúchas (Enart), realizado em outubro, em Santa Cruz do Sul.

PROGRAMAÇÃO

SEXTA-FEIRA, 14/07:

Show gratuito com o cantor nativista Neto Fagundes, às 20h, na Praça de Alimentação.

SÁBADO, 15/07:

10h – Eliminatória regional para o ENART 2017;
13h – Abertura do Rodeio Artístico e Cultural com concursos individuais, dança de salão e declamação;
18h – Concurso de danças tradicionais – Escolas

DOMINGO, 16/07:

8h às 20h – Concurso de danças tradicionais – entidades tradicionalistas (categorias Veterano, Mirim, Juvenil e Adulta).

20h – Show de encerramento com Alexandre Taveira.

quarta-feira, 12 de julho de 2017

RIO GRANDE NA EMBAIXADA BRASILEIRA, EM LISBOA


Os secretários Ricardo Freitas, da Cultura, e Marcos Mazoni, de Desenvolvimento, Inovação, Emprego e Renda foram recebidos pela Embaixada Brasileira em Lisboa, nesta quarta-feira (12). Em diálogo com o embaixador Luiz Alberto Figueiredo Machado e com o adido cultural da localidade, os representantes do município discutiram o apoio do órgão nas relações entre Rio Grande e Portugal nas áreas de cultura, turismo e relações comerciais. Na oportunidade, os secretários destacaram as potencialidades do município do Rio Grande e a possibilidade de realização de parcerias. Ao final do encontro, Freitas entregou um exemplar da Revista Viva Mais Cultura para a autoridade brasileira em Portugal. 

terça-feira, 11 de julho de 2017

RESISTÊNCIA CULTURAL E GERAÇÃO DE RENDA: CONHEÇA O AFRO-ARTESANATO DO MERCADO MUNICIPAL


O Atelier Livre do Mercado, espaço de criação e formação em artes visuais da Secretaria de Município da Cultura, deu início a mais um curso no Chalé 7 do Mercado Público Municipal. Sob a coordenação da Professora Ingrid Costa, através do Projeto Boneca Africana Rana e Ong Águas do Sul, a artesã Maria de Fátima Ramalho e a monitora Francine de Souza e Silva ocuparam o espaço público com oficinas de afro-artesanato.

Maria, 48 anos, é historiadora e atua na rede estadual de ensino, nas escolas Silva Paes e Bibiano de Almeida. Nas horas vagas trabalha com artesanato, que considera um hobbie, mas também uma fonte de renda. Afro-artesanato, conforme costuma intitular os seus trabalhos, alguns deles realizados a partir do reaproveitamento de brinquedos e materiais recicláveis, como garrafas pet.

Na companhia da monitora ela está disposta a compartilhar, para todos os públicos, de crianças à terceira idade, as técnicas em EVA que dão o contorno e um colorido todo especial para os trabalhos. “Comecei com o tricô, passei pela pintura, mas me encontrei mesmo no artesanato. Foi a maneira que achei, juntamente com outras educadoras, para divulgar a cultura afro”, destacou. Muitas bonecas confeccionadas pelas professoras representam orixás, como Iansã, Iemanjá, dentre outros.

A proposta, segundo ela, é que, a partir do material produzido, sejam apresentados, discutidos e desmitificados alguns preconceitos que ainda persistem na sociedade sobre a cultura negra. O curso está sendo oferecido todas as quintas-feiras, das 14h às 17h, com inscrições no local. Para facilitar o andamento dos trabalhos, a professora sugere que os interessados levem garrafas pet e EVA, com cores e estilos de acordo com o gosto e a criatividade de cada um.  Maiores informações podem ser obtidas através do número 981082550.



INVERNO CULTURAL TEM PROGRAMAÇÃO VARIADA NO PRAÇA RIO GRANDE SHOPPING

O Praça Rio Grande Shopping promove nesta semana, de 10 a 14 de julho, o IV Inverno Cultural. O evento, que ocorrerá diariamente a partir das 20h, contará com apresentações de dança, música e teatro organizadas pela Escola de Belas Artes Heitor de Lemos. O projeto tem como objetivo oferecer espaço para mostrar a produção cultural local e valorizar os artistas rio-grandinos.
O IV Inverno Cultural começa com a apresentação de Ballet da Escola de Belas Artes Heitor de Lemos. Já no segundo dia, o Espaço de Dança Raquel Pereira fará a apresentação da noite. Na quarta-feira, será a vez do Studio de Dança Vanessa Oliveira e da Freedom Cia. De Dança. Na quinta-feira, acontecerão as apresentações do Núcleo Mistika de Danças Orientais e do Grupo Teatral Atrás das Cortinas com a mostra do espetáculo Sanatório. No último dia, acontecerá a grande noite de encerramento do Inverno Cultural, com as apresentações da Cia. De Dança de Salão Robson Porto, Grupo de Musicalização e Orquestra da Ebahl e encerramento com a soprano Fernanda Keiko Miki e o tenor Giovani Bertolino Corrêa.
IV Inverno Cultural acontece até o dia 14, a partir das 20h, no corredor da entrada da Hélice no Praça Rio Grande Shopping e é aberto ao público.

segunda-feira, 10 de julho de 2017

A CULTURA E AS POTENCIALIDADES DO RIO GRANDE EM ÁGUEDA, PORTUGAL


Destacar a cultura, a história e as potencialidades do Rio Grande em Águeda, Portugal. Essa é a missão dos secretários Ricardo Freitas e Marcos Mazoni, respectivamente, responsáveis pelas pastas da Cultura e de Desenvolvimento, Inovação, Emprego e Renda do município. Ambos representam a Prefeitura Municipal do Rio Grande nas Jornadas Internacionais de Turismo, que acontece naquele que é o maior evento anual da cidade portuguesa, o AgitÁgueda.

No Centro de Artes de Águeda, Freitas e Mazoni participaram do painel “Conversando sobre Turismo: gerar negócios entre Portugal & Brasil” no sábado (8) que contou, dentre outras autoridades, com a presença do escritor, sócio e diretor da Agência Matriz de Porto Alegre, Luiz Coronel. Na sua intervenção, Freitas apresentou o painel “Rio Grande, Cidade Histórica – Patrimônio Cultural” para um público diverso composto, na sua maioria, por autoridades e investidores portugueses.
Os agentes públicos tem visitas marcadas a algumas empresas locais, com o foco principal no sistema de energia solar.  Eles seguem no dia 11 para Coimbra e Óbidos para uma pesquisa sobre turismo cultural, com o objetivo de aprimorar conceitos e colocar em prática algumas ações em Rio Grande, já que o município – sendo o mais antigo do Estado – tem enorme potencialidade para alavancar o turismo cultural na região.
Já no dia 12 de julho, Freitas e Mazoni tem uma reunião com a Embaixada brasileira em Lisboa, para preparar a continuidade dos acordos já firmados com o país. Os secretários retornam para o município na próxima sexta-feira (13).
CIDADES IRMÃS
Rio Grande e Águeda são consideradas cidades irmãs, desde o ano de 1993. Os laços de cooperação, estabelecidos há mais de duas décadas, têm contribuído para estreitar o diálogo entre Brasil e Portugal. Essa relação de irmandade entre as duas cidades é refletida na arquitetura, na história e na cultura do Rio Grande. 



domingo, 9 de julho de 2017

VIOLAS AO SUL REALIZA ESPETÁCULO NO TEATRO MUNICIPAL

No sábado (8), o Teatro Municipal do Rio Grande recebeu o espetáculo Violas ao Sul. O show foi uma realização da Prefeitura Municipal do Rio Grande, através da Secretaria de Município da Cultura, e da Fundação Cultural e Assistencial Ecarta e teve o apoio do Sindicato dos Professores do Ensino Privado do Rio Grande do Sul (Sinpro).
A apresentação contou com a participação dos violeiros Valdir Verona, Mario Tressoldi, Oly Junior e Angelo Primon em inédito encontro com as várias vertentes da viola de dez cordas, que juntos formam a linha evolutiva do instrumento, com canções autorais e clássicas do cancioneiro gaúcho e brasileiro e da música contemporânea. A entrada no espetáculo foi mediante a doação de 1Kg de alimento não perecível.

sábado, 8 de julho de 2017

SÁBADO FOI DIA DE QUITANDA CULTURAL, NA XAVIER FERREIRA

A Prefeitura Municipal do Rio Grande, através da Secretaria de Município da Cultura (Secult), realizou neste sábado (8) mais uma edição do projeto Quitanda Cultural, na Praça Xavier Ferreira. A feira tem o objetivo de criar um espaço de arte, cultura, integração e geração de renda, através da exposição e venda de artesanato, sebos, antiguidades e brechós. Na ocasião, além dos espaços de gastronomia e comercialização de produtos orgânicos, a Quitanda contou com apresentações culturais, como da Banda Rossini e da Roda de Capoeira Camboatá, coordenada pelo Mestre Esquilo. A Quitanda Cultural acontece nos dois primeiros sábados de cada mês, na Praça Xavier Ferreira.




sexta-feira, 7 de julho de 2017

UMA RIO-GRANDINA PRECURSORA DO FEMINISMO, NA BIBLIOTECA RIOGRANDENSE


A vida, a obra e o legado histórico deixado por Carmen da Silva, na luta pelos direitos das mulheres, foram debatidos em mais uma edição do Curso de Extensão Mulheres ao Sul: Vozes da Resistência, promoção conjunta entre o Instituto de Letras e Artes (ILA/FURG) e a Secretaria de Município da Cultura, na sexta-feira (7). A atividade foi ministrada pela professora Nubia Hanciau, doutora em literatura comparada, e que coordena o projeto de pesquisa Carmen da Silva, uma rio-grandina precursora do feminismo na Universidade Federal do Rio Grande.
Carmen da Silva nasceu em Rio Grande em 31 de dezembro de 1919 e faleceu no Rio de Janeiro em abril de 1985. Residiu no Brasil até os 23 anos, quando foi viver no Uruguai, e, seis anos mais tarde, na Argentina. Dentre os principais títulos da sua obra, destacam-se os romances Fuga em setembro (1973) e Sangue sem dono (1964), os livros de ensaios A arte de ser mulher (1966) e O homem e a mulher no mundo moderno (1969) e a novela Dalva na rua mar (1965). Um dos fatos mais marcantes da sua trajetória na defesa dos direitos das mulheres ocorreu em uma passeata de 8 de março de 1984, quando saiu às ruas fantasiada de Estátua da Liberdade, expressão máxima de suas convicções, carregando em uma das mãos uma tocha, na outra uma tábua de cortar carne. O fato repercutiu na imprensa nacional, sendo destaque de capa do Jornal do Brasil e O Globo.


SÁBADO TEM QUITANDA CULTURAL NA PRAÇA XAVIER FERREIRA


No próximo sábado (8), a Prefeitura Municipal do Rio Grande realizará mais uma edição do projeto Quitanda Cultural. Uma iniciativa da Secretaria de Município da Cultura que visa a valorização e o fomento do artesanato e da economia solidária rio-grandina nos espaços públicos do município. Nesta edição, além da exposição dos trabalhos de artesãos e artesãs da cidade e dos espaços de gastronomia e comercialização de produtos orgânicos, a feira contará com apresentações culturais, com destaque para a participação do Grupo de Capoeira Camboatá, do Mestre Esquilo. A Quitanda Cultural é realizada na Praça Xavier Ferreira, das 10h às 17h.

CURSO DE EXTENSÃO ABORDA VIDA E OBRA DE CARMEN DA SILVA, NESTA SEXTA-FEIRA


Você sabia que uma rio-grandina é tida como uma das precursoras do feminismo no Brasil? Não? Então fique tranquilo, pois você terá uma grande oportunidade de conhecer o legado cultural e histórico de Carmen da Silva, jornalista, escritora e pioneira na luta pela emancipação das mulheres no país.

O Curso de Extensão Mulheres ao Sul: Vozes da Resistência será realizado nesta sexta-feira, a partir das 14h, na Biblioteca Riograndense. A atividade é uma ação conjunta da Secretaria de Município da Cultura e do Instituto de Letras e Artes da Universidade Federal do Rio Grande e será mediada pela professora Nubia Hanciau, doutora em literatura comparada e coordenadora de um projeto de pesquisa sobre a autora no Programa de Pós-Graduação em Letras na Universidade Federal do Rio Grande.

O registro fotográfico remonta uma sessão de autógrafos da obra A arte de ser mulher, primeiro livros de ensaios de Carmen da Silva, publicado pela Editora Civilização Brasileira, em 1966, no Rio de Janeiro. 

quinta-feira, 6 de julho de 2017

REVISTA VIVA MAIS CULTURA JÁ NAS BANCAS


A Revista Viva Mais Cultura já está disponível para retirada GRATUITA nas bancas de revistas do Centro Histórico da cidade. Inicialmente, na Abrigolândia Tabacaria & Conveniência e na Banca do Correio.  A Revista Viva Mais Cultura é um periódico rio-grandino publicado pela Prefeitura Municipal do Rio Grande, através da Secretaria de Município da Cultura. Projeta, nas suas edições, as atividades de âmbito cultural desenvolvidas na cidade do Rio Grande, além de cumprir o papel de divulgação e articulação entre o Poder público e a comunidade.